TDAH e Funções Executivas | Onde tudo começa

O déficit de atenção é visto como um déficit na modulação da atenção – como se sabe, pessoas com TDAH – distração e desatenção conseguem prestar atenção, muitas vezes de extrema intensidade, chegando a um hiperfoco. Entretanto, enfrentam problemas com controle voluntário e auto-direcionado do foco. Já a hiperatividade representa um déficit em inibição motora, assim como a impulsividade está relacionada a uma inibição pobre dos impulsos.

O centro de Comando e Controle do Cérebro

Todos nós precisamos de um conjunto de competências para dar conta da nossa vida, das responsabilidades e compromissos e fazer uso dos recursos disponíveis. Alguns bons exemplos são organização, gerenciamento do tempo, controle das emoções e da impulsividade, estabelecimento de objetivos, planejamento, etc.

TDAH Funções Executivas

Estas competências são conhecidas como Funções Executivas, por estarem diretamente ligadas à gestão dos recursos pessoais e à sua utilização tendo em vista alcançar algum objetivo. É possível entender melhor estas funções comparando-as a um administrador ou gerente de um sistema complexo – no caso, nós mesmos. Estas funções tornam possível lidar com tarefas e resolver problemas como preparar uma palestra, planejar uma viagem ou consertar um brinquedo, por exemplo.

Continuar a lerTDAH e Funções Executivas | Onde tudo começa

Burnout! Esgotamento mental não é frescura

Burnout

Em inglês, o termo Burnout é definido como aquilo que deixou de funcionar por absoluta falta de energia.
Entenda porque a OMS (Organização Mundial de Saúde) colocou o Burnout como uma das principais doenças dos europeus e norte-americanos, ao lado do diabetes e das doenças cardiovasculares.
As consequências mais imediatas são falta de atenção, dificuldade de memória, perda de concentração, pensamento mais lento, desânimo, alterações no sono e, é claro, cansaço – excessivo e crônico.
Entenda mais sobre o Burnout neste artigo do site “Revista Pazes”.

Continuar a lerBurnout! Esgotamento mental não é frescura

Sete alimentos que combatem a ansiedade

Ricos em vitaminas e aminoácidos, eles melhoram a tranquilidade e a disposição

Confira quais são os alimentos que ajudam a combater a ansiedade
Confira quais são os alimentos que ajudam a combater a ansiedade

Você sabia que alguns alimentos ajudam a combater a ansiedade? Alguns legumes, frutas e carnes contêm aminoácidos, vitaminas e nutrientes que atuam diretamente diminuindo o estresse, combatendo a ansiedade e aumentando os níveis de serotonina, responsável pelo bem-estar e pelo relaxamento.

Veja neste artigo do site “Minha Vida” a lista de alimentos campeões em acalmar a mente.

Continuar a lerSete alimentos que combatem a ansiedade

Empresa cria jogo eletrônico para ajudar no tratamento de crianças com TDAH

por Katherine Ellison*
The New York Times

Game pode melhorar atenção de crianças
Game pode melhorar atenção de crianças

Comande um personagem que surfa por um rio congelante ao virar o tablet de um lado para o outro. Toque na tela para agarrar os pássaros azuis –mas não encoste nos vermelhos–, sempre que eles aparecerem. Aproxime-se dos pontos de recarga de energia, mas tome cuidado para não tocar nas margens do rio.

Esses são os desafios do Project: EVO, um programa de computador criado para melhorar a atenção e reduzir os impulsos de crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, o TDAH. Seus criadores planejam realizar um ensaio clínico de grandes proporções no início do ano que vem para testar o produto. Depois disso, tentarão conseguir a aprovação do FDA (órgão do governo dos Estados Unidos que tem como função controlar alimentos e medicamentos) para que os médicos prescrevam o jogo para o tratamento do TDAH como se fosse um remédio.

Continuar a lerEmpresa cria jogo eletrônico para ajudar no tratamento de crianças com TDAH